domingo, 19 de junho de 2011

[notas enquanto ouço a trilha de Guide]

No meu quarto, sentada enquanto a Lata Mangeshkar grita os versos de Piya Tose Naina Laage Re em meus ouvidos. Não gostava muito da sua voz, Lataji. Na verdade, acho que comecei a gostar somente depois de um grande esforço. Tinha que ter a voz tão fininha? Ah, talvez vai que tinha.

Ai, começou Aaj Phir Jeene Ki ! Mais uma da trillha de Guide, talvez o filme que me deixou nesse amor eterno pela Waheeda. Lembro que a legenda não tinha tradução para as músicas e eu estava bem no começo dessa coisa de Bolly, mas só de olhar a Waheeda correndo pelos campos com os braços abertos e sorrindo daquele jeito lindo, entendi que estava cantando algo sobre estar livre. Aaaaah, como a Waheeda é linda! Quem sabe, o fato de a voz da Lataji ter feito parte de tantos momentos bonitos de filmes tenha feito com que eu gostasse dela.

Oooooh, Gaata Rahe! Uma das minhas coisas favoritas dessa música é brincar de gritar GAATA RAHEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEE durante 1 hora, até chegar o breve "...mera dil" que complementa. Nhaaa, adoro o Kishore Kumar também. Quando briguei com o Pedro, tive mais certeza do que nunca que O Saathi Re era minha música de fossa. Pena que a voz do Kishoreji tenha envelhecido com o passar dos anos (já está meio estranha na trilha do Amar Akbar Anthony), mas já está bom demais a voz dele ter me dado meu GAATA RAHEEEEEEEEEEEEEEEEEE e minha música de fossa, pô.

Uau, música do S.D. Burman. Um ninguém na minha vida enquanto cantor, amor eterno enquanto produtor. Acho que a própria trilha do Guide é dele.

Ih, Tere Mere Sapne. OK, agora entendi porque o filme de 1971 se chama Tere Mere Sapne. O safadeenho do Dev Anand quis se aproveitar da fama do Guide, hum? Mandou bem.

Mais uma aleatória: Kya Se Kya Ho. Será que alguém responde "Ah, claro que é Kya Se Kya Ho" quando perguntam qual é sua música favorita? Me parece responder "Ah, claro que é Chains". Como está é uma música qualquer (que eu amo) dos Beatles, entenda-se que acho Kya Se Kya Ho muito qualquer coisa.

Uau, mais uma música chata. Ebaaaa, troquemos para Saiyan Beimaan, super musiquinha para sacudir os guizos loucamente. Vixi, saudades da Waheeda. Engraçado que a voz da Lata nesta música me faz imaginar mais um clipe com a Vyjayanthi do que com a Waheeda.

Melhor repetir He Ram (...) para terminar, cansei dessa trilha. Depois, vou fazer meu amigo feliz e depois, estudarei para uma prova que será amanhã de manhã. Nunca estudei aquela matéria, não li nenhum texto. Desculpa se essa coisa de fenomenológico-existencialista me parece insuportável demais até para merecer minhas horas de leitura, Consciência.

[não é para entender]

Nenhum comentário: