quinta-feira, 14 de agosto de 2008

Independência

Estava pronta para fazer um post sobre miopia e cores,pois tive essa idéia ao ler um post da Laura sobre cores.Porém,aconteceram algumas coisas hoje que fizeram-me(nova mania de usar corretamente o pronome oblíquo) pensar em minha personalidade.

Minha professora de Física passou alguns exercícios,os quais a turma deveria resolver e entregar-lhe.Não estava conseguindo fazer o nº 2,então pulei para os outros,pois nunca me atenho ao que não sei fazer.Percebi que todos estavam "empacados" no nº 2;o pessoal costuma tentar fazer os exercícios na ordem,se esforçando para fazer o que não sabe para enfim passar ao próximo.

Depois de resolver o resto,voltei ao tal exercício.Meus resultados davam números absurdos,não estava aceitando aquilo.Depois de muito tempo,perguntei à Allyne como ela estava fazendo.Paulo(namorado de Allyne) começou a fazer conosco e como sempre,nós três começamos a discutir.Adoro quando isso acontece,porque um fica gritando fórmulas,regras e propriedades para os outros,o que faz com que aprendamos muito bem.Allyne ia e voltava da mesa da professora,e quando ia explicar-nos o que aprendia,dizia coisas absurdas(Allyne explicando algo é sempre hilário).De qualquer maneira,eu não conseguia entender!Lia,relia e não entendia.Ficava repassando tudo o que andei estudando em livros de Física na mente,mas nada encaixava-se!

Klô entendeu e tentou explicar,mas eu não quis.Acho que ela não gostou muito,então comecei a pensar em mim e no passado.Simplesmente não consigo deixar que alguém me ajude!Faz algum tempo que tomei consciência disso,mas hoje foi o exemplo mais forte.As únicas pessoas que deixo que ajudem-me de alguma forma são Allyne,Paulo e Miriã,porque estou acostumada a fazer parcerias com eles há muitos anos:eu ajudo-os,eles ajudam-me e todos ficamos felizes.Só que fora dos meus parceiros,realmente não consigo aceitar ajuda de outras pessoas!Estou muito acostumada a fazer tudo por mim sozinha.

Fiquei lembrando-me de exemplos dessa minha independência:quando estava míope e não conseguia enxergar o quadro,aos oito anos.Pegar a matéria de alguém para copiar?Nunca!Esperava o recreio chegar para ir lá para a frente copiar tudo correndo;no 1º ano,quando passei a ler livros clássicos:não conseguia tirar minhas dúvidas com a professora,o que fiz foi sentar-me para lê-los com um dicionário ao lado;quando comecei a ler o Jornal do Brasil(meu primeiro jornal sério),tinha tanta dificuldade que sentia que minha cabeça iria explodir!Perguntei algo à professora de Geografia?Óbvio que não.Pegava meu amigo dicionário e fazia associações com coisas que já conhecia.

Resultado de tudo isso:uma independência precoce e dificuldade em contar com as pessoas.Prefiro fazer tudo o que se refere a mim sozinha,e peço ajuda somente quando estritamente necessário.Neste ano,estou aprendendo mais a contar com as meninas,porque estudar para o vestibular me deixa atarefada demais para resolver coisas da escola.O melhor exemplo foi no trabalho de Física do bimestre passado:não havia a menor possibilidade de conseguir fazer aquilo sozinha,era difícil e trabalhoso demais.Acabei trabalhando somente com Tatá,e fizemos um trabalho maravilhoso!Para nós duas,a época desse trabalho foi uma das melhores de nossa vida;ficamos muito mais fortes.

Bem,devo voltar às tais questões de Física.Acredito que todos os resultados que encontrei estejam errados,mas estou feliz por estar me esforçando sozinha.Não adianta:uma vez independente,sempre independente!

Até!

Ouço hoje:You've got to take it-Manfred Mann(tenho desespero por essa música!)

8 comentários:

Lucas Delfin disse...

Isso de certa maneira é bom... Lá na minha classe é tudo diferente, quando tem lição de casa ou trabalho pro dia, e ninguém fez o negócio vira multiplicação desordenada: Os mais inteligentes resolvem tudo em conjunto, aí os outros copiam, que passam para outros até a classe inteira ter tudo. Não que alguém aprenda alguma coisa fazendo isso, foi apenas uma observação inútil. Bom, como eu sou um dos membros do Esquadrão de Desenvolvimento de Respostas vou tentar decifrar suas descrições dos repórteres do CQC.

O "moleque que fala devagar" seria Danilo Gentili, por parecer bem jovem e ter algumas semelhanças comigo, como a altura e o jeito de "loser".

O "doido" deve ser o Marco Luque, que fica na ponta esquerda da bancada (direita para quem vê).

E o cara que fez Floribella é o Rafael Cortez, confira os nomes no Google Imagens e depois me diz se eu acertei.

carolbiasucci disse...

Oi xará!!
Bem, sempre odiei Física, e não sinto a menor vergonha de dizer que eu só passo colando nela, inclusive foi assim que passei no 1 periodo da facul.. ;D

mas é assim mesmo.. a gente tem que aprender a ralar.. sozinha.. apesar de tudo, vale a pena..

bjoca!!

Carlinha disse...

Carolzinha, é muito bom o seu esforço,mas eu acho errado você querer fazer tudo sozinha, porque isso impede de você ter novas idéias, novas visões. Talvez se vc permitisse que alguém te ajudasse, você chegaria nos resultados mais facilmente e não teria tanta mão de obra, entende?
Não é vergonha pedir ajuda e tão pouco aceitá-la.

Prazer, *Maira! disse...

oie!
Não esta mto certo vc não querer a ajuda de ninguem, a gente sempre precisa de alguem para nos ajudar. Espero que vc descubra isso da maneira mais facil ^^
Beijooooos, boa sorte na física.

Bruna disse...

Olha, eu não te culpo, porque na maioria das vezes eutambém não peço ajuda a ninguém.
Sei lá, as vezes dá a impressão que é muita ignorância da minha parte, as vezes por timidez mesmo..
Mas quando a gente aprende sozinha é mais gostoso né?
^^

bjoo
;*

Sabrina Jung disse...

Carol!!
É muito bom vc ser independente, mas lembre-se de uma coisa, a independência também cansa.Eu quis ser independente muito cedo, com 19 anos fui de muda para outra cidade morar sozinha. Hoje, com 37 anos, vejo que tudo tem seu tempo e sinto falta da época em que "podia" ser um pouco dependente.Também cansa, a certa altura da vida, ter que fazer tudo sozinha. Aceite a ajuda dos outros, é muito enriquecedor! Você aprende mutio mais, não só sobre a matéria que está estudando, mas aprende a trabalhar em equipe, a interagir com outras pessoas, o que é muito bom.
Bjus lindona!!!

Anônimo disse...

Olá,

Pasando para conhecer seu espaço super interessante e desejar uma linda semaninha e muita paz.

Smack!

Edimar Suely
jesusminharocha.blig.ig.com.br

Cris disse...

Oi Carol, tudo bem?

Física é uma matéria muito difícil, importante, mas dificil.

Acho que todas as materias tem seus pontos dificeis.É que eu acho as ciencias exatas bem mais complicadas.

Vc devia deixar as pessoas te ajudarem de vez em quando, independencia é importante mas as vezes uma ajuda é muito bem vinda. É disso que a vida é feita, um ajudando o outro p/ podermos evoluir.

Um grande beijo p/ vc e que a sua semana seja cheia de bençãos.Continue estudando, tenho certeza que vc vai vencer!

Sua amiga

CRIS