sexta-feira, 31 de julho de 2009

O mundo muda,a gente também

Quando declaro oficialmente que vou parar de escrever por um tempo é quando sinto vontade de escrever.É algo chato porque anula totalmente o post abaixo,porém é legal porque senti aquela necessidade não sentida há tanto tempo que havia até mesmo me esquecido como era...aquele desejo de que o computador ligue logo,de ver as palavras que ficam dançando em sua mente tomarem forma.Bem,cá estamos nós:as palavras não mais dançantes e eu!

Após tanto tempo sem escrever pensei que seria interessante falar do motivo que me afastou daqui:a santa faculdade.Ainda acho incrível que no início de 2008 eu não sabia qual curso escolher,e minhas amigas de blog conseguiram me acalmar para que eu tomasse a melhor decisão.Lendo meus posts antigos,encontrei esta passagem:

"Só para esclarecer uma coisinha:escolhi fazer Psicologia porque sempre quis fazer uma faculdade que pudesse servir para eu ajudar outras pessoas.E de todas,a Psicologia sempre foi minha favorita,mas desisti dela na 8ª série,porque não achava que tivesse a ver comigo.Mas ter este blog e ver o que todas vocês falam aqui me mostrou que esse é o caminho certo pra mim,que posso ajudar!Quem diria que um blog me ajudaria a escolher minha carreira?Lembram como ele começou?Cheio de dúvidas!Estou me sentindo bem mais forte e decidida.Muito obrigada a todas vocês,muito obrigada mesmo!"

O tempo passa muito rápido,sem que percebamos a profundidade das coisas que estão acontecendo.No dia em que tomei a decisão,não vi que escolher Psicologia era algo que mudaria minha vida e agora que a escolha tornou-se realidade,só parei há pouco para perceber que tudo já está mudando.

Na faculdade estou vivenciando muito fortemente o fato de que as pessoas do mundo são diferentes.Era algo que eu já sabia,mas não dá para sentir tão fortemente enquanto se está entre as paredes da escola andando com seu grupo.Eu nunca havia andado com pessoas que bebem,por exemplo.Parece algo muito bobo,porém para mim é muito grande!Com minhas amigas de escola não havia nem a possibilidade de se pensar em bebida alcoólica como um componente para a nossa diversão,e agora estou num meio onde ela é quase um item básico de sobrevivência.Há pessoas muito jovens em minha turma,e muitíssimas bebem.Fiquei com uma questão na cabeça:onde raios essas pessoas começaram a fazer isso?Quando somos crianças ou adolescentes,a preocupação de pais e professores em nos manter longe de bebida é gigantesca,e somos atrelados a eles até pelo menos os 18 anos.De onde vem a curiosidade de beber pela primeira vez,e a certeza que persegue muitas pessoas de que quem não bebe não se diverte tanto?Gente,quando eu falo que existe um submundo infantil e adolescente,ninguém me ouve!

Além do fato de as pessoas beberem e eu estar achando isso quase normal,estou achando muito diferente o fato de estar num ambiente em que (quase) todos estão interessados em aprender!Tive um pouco dessa experiência no pré-vestibular,mas não foi nem de longe tão forte quanto é agora.As pessoas querem estar lá,estão felizes por terem conseguido estar lá e fazem de tudo para que todo o esforço tenha valido a pena.É uma coisa muito bonita,de verdade.Como nada neste mundo é perfeito,às vezes me canso um pouco desse academicismo todo.Pelo amor de Deus,é tudo muito extremista!Ou o indivíduo só quer ficar discutindo sobre qualquer coisa que pareça erudita(ou que ele transforme em erudita) ou só quer saber de festa,festa e mais festa.Sabe aquele post sobre o equilíbrio?Começo a pensar que pode ser uma busca sem fim,mas o bem dela pode estar em si mesma.Certo,não sei de onde tirei isso.

Já havia falado sobre meus horários,que são péssimos.Moro longe da UFRJ e quando chego em casa já tenho de comer,tomar banho,ouvir música(sem isso não dá) e estudar.Mal passa o tempo e já é meia-noite,então o blog fica totalmente abandonado.Quando entrei em férias achei que passaria mais tempo postando e lendo posts,mas não quis estar por aqui quando não tinha muito o que dizer.Gosto de estar inspirada para escrever,falar por falar não é a minha.Então sumo mesmo,como a Laura faz.Acho mais justo com meu bloguinho *-* ~>olha,um emoticon!

Sobre a faculdade,acho que só quero dizer isso mesmo.Agora quero dizer que estou com MUITAS saudades das senhoras blogueiras!Éééééé,muitas saudades(agora eu assumo mesmo)!!!Estou na casa da minha tia,que era onde eu estava quando comecei a escrever e a fazer amizade com todas vocês(deve ser até por isso que me inspirei hoje).É bom vocês saberem que ficar longe não é algo que me deixa feliz,estar longe disso aqui me faz falta demais.Amigas como as que fiz aqui,posso nunca mais vir a fazer na vida.Vocês me apoiaram quando mais precisei,e sempre me deram espaço para poder fazer o mesmo.Dá para acreditar no quanto a vida da Carlinha mudou e que vi tudo aquilo acontecer?E a Nina,que arrastou todas nós para o Blogger e fez um blog alternativo que faz todo o mundo ser criança à hora em que quiser!?Não fico feliz por estar perdendo tantos posts,tantas histórias,tanta vida de vocês.Queria dizer isso só.

Meu Deus,eu tô crescendo! o.o

Por que a música abaixo?Porque ela é bonita,divertida e porque eu e vocês só merecemos o melhor,yeah! \o/



Abraços,muitos,muitos abraçoos! *-*

8 comentários:

Carlinha disse...

Você me faz muita falta, você sabe né?
Esses dias está chovendo muito em SP e sempre lembro de você quando estou no ônibus...Vejo as gotinhas escorrerem pela janela, o cheiro da chuva me comove e meus pensamentos vão até você.

Queria que você tivesse mais tempo, mas eu sei o quanto você quis isso e é importante pra mim também. Sempre falo de você quando quero motivar alguém, tenho muito orgulho da sua perseverança.

Amo você!

Ah! vc falou do filme "felicidade não se compra" lá no blog da Nina, e eu queria saber se esse é um filme em preto e branco e que o homem não queria ter a vida que tinha???

beijos

Ibirá Machado disse...

Olá, acabo de encaminhar um email para o contato fornecido no seu perfil, mas ele retornou... repasso aqui:

"Queridíssimos amigos blogueiros,

Desde o dia 6 de julho está em andamento a fase final da campanha para trazer ao Brasil o belíssimo filme indiano "Taare Zameen Par - Every Child is Special" (Como Estrelas na Terra - Toda Criança é Especial).

Os contatos sólidos para a distribuição do filme já existem, mas ainda faltam provas sólidas e contundentes de que a vinda desse filme para cá é verdadeiramente viável. É necessário provar que há público interessado e que ao menosos custos da distribuição por aqui não fiquem no vermelho.

Com o meu blog, Cinema Indiano, tenho acesso a estatísticas que mostram que a procura na internet por esse filme é crescente a cada dia dentre brasileiros - e esses dados são uma das cartas na manga de que possuo. No entanto, resolvi criar um abaixo-assinado (http://www.abaixoassinado.org/abaixoassinados/4634) com o qual não descansarei até que atinja 500 assinaturas. Até este exato momento já temos 156 assinaturas, mas para que a campanha cresça da maneira com que imagino precisamos de muito mais parcerias e muito mais gente atuando nessa divulgação.

Até agora, os blogs Indi(a)gestão, Grand Masala e Em Formol aderiram à campanha e fizeram suas postagens pedindo por assinaturas. Estou agora pedindo pelo apoio de vocês. É quase uma súplica, confesso, pois trazer esse filme ao Brasil será uma grande vitória para os pais e educadores de nosso país. Além de, é claro, talvez abrir as portas ao acesso de mais filmes indianos para cá.

É isso. Conto sinceramente com a ajuda de vocês, seja divulgando entre seus contatos, seja fazendo postagens.

Desde já um imenso obrigado!

Ibirá"

SGi/Sonia disse...

Caroletezinha:)
Saudades sua menina!
Que bom que tudo muda né? Eu gosto muito de mudança, costumo ficar pouco assustada, mas sempre sinto um friozinho na barriga e ver você crescendo é maravilhoso!

Beijins:* (um dia você se renderá a eles)

Nina disse...

Quue lindo isso vc falar que ta crescendo... isso é bonito Carol, Crescer é tao bonito qt permanecer com alma de menina.

A faculdade nem sempre é como a gente sonhava né? essas coisas extremistas eu tbm vi mt, mas no seu curso, e na sua área, deve ser ainda mais forte do que na area biologica ou de exatas na verdade, na area de humanas era onde eu mais gostava de estar, acho aquele povo tao legal!

curte carol, essa fase da facul vai te deixar com saudade tbm. e o blog, aahhh na verdade,acho esse negocio de blog um pouco bobagem, pra ser bem sincera, melhor mesmo, é desligar o pc e abrir um livro numa praca bem verdinha :)

Bruna disse...

Oi amiga!

Agora terei contato com algumas psicólogas e acho que vai ser bem legal. É um curso pra enfermagem de capacitação para saúde mental que eu vou participar..aí vou contando as novidades no blog.
Faculdade suga a nossa vida mesmo, é meu último semestre e não sei se fico feliz ou triste por estar acabando.
Ah1 Fiz o post do skoob!

Luene Paes® disse...

Poxa quanta coisa você escreveu que me fez lembrar de onde tudo começou. Saudades!!

Fico feliz por você estar animada e confiante no curso, sinal de que seu dom está se aprimorando, é realmente o seu caminho...

Lembrei da sua tia também, lembro de quando você falava que quando fosse para lá ia postar...

Eita Blig que fez sucesso e fez com que amizade fossem solidificadas.

Ainda estou sem net, mas como voce tenho uma linda tia que me socorre...rs

É sempre bom vir aqui...encontro com todas, ficam as lembranças.

esses dias a Nina me achou..rs
Bom, vou indo. O tempo é curto e amanhã é dia!!!!

Beijos*

http://tudonossoenadanosso.blogspot.com
ou
http://planetamix.zip.net
ou
http://sorvete-colore.blogspot.com

Edimar Suely disse...

Acredite em você!

Não importa do que é o mundo O importante, são os seus sonhos...
Não importa o que você é O importante é o que você quer ser...
Não importa onde você está O importante é para onde você quer ir...
Não importa o porquê O importante é o querer ...
Não importa suas mágoas O importante mesmo, são suas alegrias...
Não importa o que você já passou O passado guarde na sua lembrança ...
Não veja; apenas olhe...
Não escute; apenas ouça...
Não toque; sinta...
O mundo é um espelho;
não seja apenas um reflexo
Só acreditando no futuro você conseguirá a paz
para alcançar seu sonhos...
Afinal, o que importa ?
Você importa ...

Smack!

Edimar Suely
jesusminharocha2.zip.net

*Klopper, Priscila* disse...

Claro que eu não senti isso tudo que você sentiu na facul,mas passar umas horas lá (cara,isso foi demais), já deu pra perceber bastante disso que falou... PEssoas diferentes...extremistas, e também por você me contar sobre (fico muito feliz por compartilhar comigo xD)

Enfim, amiga *-*~... Também tenho orgulho de ver você crescendo!! A gente tá crescendo,né? (certo,eu fiquei meio pra trás,mas um dia eu chegou lá x_x)

aiai... Te amo,muié ;****
(Sabe que eu amo essa música LÁLÁLÁ *-*)